Cabelo orgânico: o que é? E, como cuidar?



O cabelo orgânico é um tipo de aplique. Ah, você achou que era natural, né? A gente também! Mas, a verdade, é que esse aplique é muito parecido com o cabelo natural. É feito de um material chamado fibra bio-vegetal orgânica. Esse material permite que o cabelo orgânico possa ser lavado, tratado (hidratação, nutrição e reconstrução), alisados ou encaracolados com secador, chapinha e babyliss.

Ah, eles podem ser tingidos também! Bom, o tingimento pode ser feito apenas com tonalizante ou banho de brilho. E a temperatura máxima dos aparelhos quentes, devem ficar entre 180°C e 200°C. Ainda assim, esse é um cabelo considerado mais vantajoso quando comparado às versões sintéticas. Especialmente por darem um aspecto mais natural.

Cabelo orgânico ou sintético

A principal diferença entre o cabelo orgânico e o sintético é que o primeiro é feito com fibra bio-vegetal, enquanto o outro é feito a partir de fibra japonesa ou de outro tipo de fibra sintética (do tipo Kanekalon) – muito famoso por deixar a aparência de “cabelo de Barbie velha”.

A fibra japonesa, apesar de receber tratamento de queratina – na tentativa de humanizar os fios – quase nunca deixa o resultado natural convincente. Não apenas, um grande diferencial do cabelo orgânico é que ele pode ter sua forma alterada, como dissemos antes, ele pode ser alisado, enrolado, pintado, etc.

Ou seja, a probabilidade de você ficar com ele por mais tempo é bem maior. Porque não vai enjoar tão facilmente. Não à toa, o cabelo orgânico é – um pouquinho – mais caro que o sintético.


Como cuidar de cabelo orgânico

O primeiro passo para manter o cabelo orgânico sempre bem cuidados é lavá-los, pelo menos, uma vez na semana. Especialmente quem usa o método weave (trança raiz no cabelo costurado), já que ajuda a deixar o couro cabeludo e a raiz dos fios mais limpo e seco.

Quem opta pelo cabelo orgânico preso a tic-tacs de deve lavar os fios com shampoo e água corrente. Além de deixá-los de molho por 10 minutos em uma mistura de máscara de hidratação e uma colher de amaciante. Depois, deixe o aplique secar naturalmente para depois usar.

O grande segredo para cuidar bem do cabelo orgânico, independente da escolha de aplicação, é saber que não se deve lavá-lo todos os dias, porque isso desgasta os fios. Outro detalhe é: quem não usar tic-tacs, deve dormir com o cabelo preso. Para isso, o coque é o penteado mais recomendado.

É normal que, com o tempo, os fios comecem a engrossar, dando um aspecto áspero. Para resolver esse problema, você deve aplicar uma ou duas gotas de glicerina líquida neles ou reparador de pontas, mas sem exagerar. Depois passe a chapinha (se o seu cabelo orgânico for liso, claro) para selar os fios.

Se você tem o cabelo orgânico cacheado, esse truque pode não funcionar. Outra coisa: os métodos de aplicação mais indicados são: weave, telas e tic-tacs. Para saber qual o melhor para o seu tipo de cabelo, converse com o cabeleireiro de sua confiança!



Comentar

5 × dois =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.