Como lavar ou limpar cada tipo de cortina



A cortina é uma peça de proteção, decoração e acabamento do ambiente. Mas ao mesmo tempo em que ela tem a função de proteger do Sol, é mal tratada por ele e pode desbotar. Quando a janela está aberta a cortina voa para fora e entra em contato com a sujeira da rua.

Tudo isso exige que você tenha atenção sobre a limpeza da cortina: de quanto em quanto tempo e como fazer? A resposta vai depender do modelo e tipo de tecido. Veja estas dicas:

Dicas gerais de lavagem

1. Independentemente do tipo de tecido que a sua cortina é feita, a primeira fase da higienização pode ser com o aspirador de pó. Utilize o bocal de escova para que o tecido não seja sugado, o que pode danificá-lo.

2. Depois remova dos trilhos, argolas ou outro suporte removível e coloque na máquina sem o forro e sem outras peças.

3. Evite centrifugar para não amarrotar tecidos mais grossos nem correr o risco de rasgar os mais sensíveis.

4. Se a cortina realmente estiver muito suja, deixe de molho em sabão e água fria por cerca de 30-40 minutinhos.

5. O amaciante não é recomendado, a menos que você conheça bem o tipo de tecido e tenha certeza que pode usar.

6. Não precisa estender no varal. Pendure a cortina de volta no lugar para secar naturalmente. Para que fique cheirosa e lisa, escolha lavar em um dia seco e de Sol.

Cuidados com cada tipo de tecido das cortinas

Depois das dicas gerais, é bom lembrar que cada tipo de tecido sem suas particularidades. Veja só:


  • Poliéster: deixe de molho em água fria por no máximo 40 minutos, sem produtos e fazendo 3 trocas de água. Não coloque para secar ao Sol.
  • Linho, algodão puro, seda e xantungue: por serem muito sensíveis, a melhor recomendação é que estes tecidos sejam lavados em uma lavanderia para evitar que desbotem ou encolham.
  • Tergal e algodão pré-encolhido: pode lavar na máquina com sabão comum em temperatura de até 60 graus.
  • Voal: prefira usar sabão líquido de coco que é mais delicado. Quando for enxaguar, acrescente uma colher de sopa de bicarbonato e lave em modo delicado.
  • Renda: para evitar que engate em alguma parte da máquina e rasgue, a cortina de renda deve ser protegida por um saco específico para isso. Use sabão em pó ao invés de líquido.
  • Veludo: use um pano de camurça com água morna para escovar a cortina e mantê-la limpa.
  • Romana: este modelo deve ser limpo com espanador. Se for de tela solar pode passar um paninho com sabão.
  • Painel: apenas um pano úmido com detergente neutro é o suficiente.
  • Blecaute de PVC: utilize uma espojinha com sabão neutro, sem precisar despendurar.
  • Rolô: desenrole e limpe usando o bocal de escova do aspirador.

E quanto às persianas?

Bem, estas não podem ser tiradas para lavar na máquina. Então, da mesma forma que para as cortinas de tecido, comece a limpeza com o bocal de escova do aspirador. Se preferir também pode usar o espanador, passado em cada lâmina delicadamente, virando para os dois lados.

Existem aparelhos específicos para este tipo de limpeza e com preço bem acessível, que limpam mais lâminas e uma só vez.

Mesmo fazendo essa limpeza toda semana, vai chegar um momento em que a persiana estará muito suja, então, o ideal é chamar um profissional especializado que vai retirar as persianas, higienizar com método próprio e devolvê-las no lugar limpinhas.

De modo geral para os acessórios, se forem de tecido passe aspirador ou espanador. Se forem de plástico, latão, cromado ou acrílico, um pano úmido sem nenhum produto. Se forem de madeira ou alumínio pode usar lustra móveis de vez em quando.



Comentar

11 + doze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.